AJUDAMOS A PREPARAR

AS EMPRESAS PARA O FUTURO

Pin it

A liderança é uma temática estratégica que levanta discussões bastante variadas e controversas, sobretudo com a importância crescente que as empresas dão a esta que é tida como umas das maiores vantagens competitivas de qualquer profissional.

A somar a este fator surge o facto de, cada vez mais, se contestar a tradicional visão da chefia que, defendem agora a maioria das investigações e dos especialistas, está conceptualmente bastante longe daquilo que se entende pela efetiva competência de liderança. Mas será esta uma característica realmente inata ou precisaremos de a desenvolver?

A liderança enfoca-se em pessoas mas também em resultados

liderançaOu seja, a liderança pode ser entendida como o processo que envolve a eficaz gestão de pessoas e de equipas para que se alcancem ou superem os resultados esperados. No entanto, isto envolve muito mais que uma forma de orientação, pressupondo ainda o desenvolvimento de ferramentas e canais de motivação, de influência, de ética e de organização, o que significa que, por mais que uma pessoa seja aparentemente líder por natureza, será quase sempre necessário desenvolver competências que lhe permitam dominar e implementar todos aqueles (e muitos outros) mecanismos.

Existem ainda diversos tipos de liderança que envolvem ferramentas e estratégias muito distintas e adaptadas à realidade de cada empresa e de cada mercado, pelo que mais importante se torna ainda o desenvolvimento de conhecimentos e competências específicos na área.

Como é que eles se adquirem? Através de formações que, conduzidas por especialistas no tema, permitam a qualquer profissional perceber o seu estilo inato de liderança e aprofundá-lo com o desenvolvimento de competências que apenas este sistema de aprendizagem consegue conferir.

Não nos podemos ainda esquecer que a liderança engloba dois níveis de domínio: o relacional, na medida em que envolve pessoas, e o técnico, já que tem como fim último a obtenção de resultados específicos. E a conjugação destes dois fatores obriga necessariamente ao domínio completo de ferramentas estratégicas e empresariais que nem sempre são inatos nem do conhecimento de quem não teve aprendizagens e formação nestas áreas. Um líder é, muitas vezes, um mentor profissional, pelo que é essencial que domine exaustivamente estas ferramentas que o posicionarão como um bom exemplo de perfil de liderança.

É realmente possível criar um bom líder?

Pode dizer-se que um líder não é eficaz quando não consegue cumprir os propósitos da liderança: gerindo eficazmente a equipa e obtendo os resultados delineados. No entanto, a questão da liderança é extremamente complexa e tem de ser sempre analisado à lupa do perfil individual, do contexto grupal e da cultura empresarial.

Sabe-se, no entanto, que a formação favorece o desenvolvimento de um bom líder, que deverá apresentar algumas características essenciais à função de liderança:

  • Respeito pela equipa
  • Confiança nos subordinados
  • Prática efetiva da escuta ativa
  • Automotivação
  • Orientação motivante para os resultados
  • Inovação
  • Flexibilidade relacional e operacional
  • Planeamento estratégico
  • Delegação.

Obviamente que, a par com estas características que se desenvolvem em ambiente de formação, a liderança obriga ainda a um domínio exaustivo do negócio de cada profissional, por forma a que seja possível definir metas e orientar a equipa para a sua concretização. Até porque o líder tem de servir de exemplo às pessoas lideradas, tendo de garantir a máxima qualidade e eficácia em todos os passos profissionais realizados.

Como se pode perceber, a liderança é uma valência que, apesar de poder ter uma base inata, necessita muitas vezes de desenvolvimento e de aperfeiçoamento que, na maioria dos casos, apenas consegue ser garantida com um programa formativo adaptado e enfocado na aquisição das tão distintas ferramentas que devem estar sempre em posse de um líder.

Tudo para que a gestão de uma equipa seja realizada da forma mais motivante e eficaz possível fazendo que com todos colaborem para a obtenção máxima dos melhores resultados.

   Sérgio Freitas, vários «skills» ao serviço de uma Missão

   Myers Briggs Type Indicator  I/ESFP

   Perito, Jovial, Cooperativo

 

A minha missão é apoiar líderes e organizações. 

Considero urgente trabalhar as Soft-Skills, para a tomada de consciência com atitude, para atingir os resultados desejados.

ESTAMOS ONDE QUISER…

................

TIRE TODAS AS SUAS DÚVIDAS, NÃO GUARDE NENHUMA!

SEDE:

ESTORIL

Travessa do Vento, Nº 24

Bairro da Martinha

2765-128 Estoril

M +351 966 912 091

Email: geral@adn-formacao.pt

Avila Business Center:

LISBOA

Av. República, n.º 6, 7ºD

1050-191 Lisboa

M +351 966 912 091

Email: geral@adn-formacao.pt

Nova Almada Velha:

ALMADA

Rua da Judiaria nº 14

2800-125 Almada

M +351 966 912 091

Email: geral@adn-formacao.pt

    Google Page