AJUDAMOS A PREPARAR

AS EMPRESAS PARA O FUTURO

Pin it

A frase foi referida ao site Observador por Conceição Espada, uma das maiores especialistas nacionais em gestão de stress, que considera que, tal como o açúcar, o sal ou o álcool, o stress pode ser viciante e levar a índices bastante elevados de ansiedade e até de depressão.

Sendo uma hormona (relacionada com o cortisol e a adrenalina) que é libertada pelo cérebro para o sangue, o stress encontra-se presente em todas as pessoas, mas, quando em quantidades excessivas, pode condicionar fortemente a produtividade efetiva tanto a nível profissional como pessoal. Por isso, se sente que os seus índices de stress são mais elevados do que aqueles que precisa sentir, conheça algumas dicas para o aliviar e tornar os seus dias mais fáceis.

O que é, antes de mais, o stress?

stress

O stress não é mais que a soma de respostas mentais e físicas provocadas por determinados estímulos externos que nos ajudam a superar os desafios com que nos deparamos no dia-a-dia. No entanto, quando existem mudanças abruptas no estilo de vida ou acontecimentos de forte impacto emocional, os níveis de stress aumentam exponencialmente e podem levar a estados mentais e até físicos de efetiva doença. A comprová-lo está o facto de, numa situação mais stressante, o nosso corpo reagir imediatamente com aceleração do ritmo cardíaco, transpiração excessiva e alteração da tensão arterial - tudo situações comuns para a maioria das pessoas mas que, em casos crónicos, ganham proporções preocupantes.

No entanto, nem sempre é simples detetar quando se sofre de stress, pelo que é importante estar atento aos seguintes sintomas: ansiedade, nervosismo, irritação, impaciência, dificuldade em tomar decisões, dificuldades de concentração, comportamentos destrutivos, alergias, insónias, tensão muscular, dores de cabeça, queda de cabelo, hipertensão e perturbações lombares, entre outros. Estes sintomas, quando vivenciados de forma intensa e frequente, devem ser rapidamente analisados e percebidos junto de um médico, por forma a evitar a evolução sintomática e a entrada em eventuais estados depressivos que, tantas vezes, afetam as pessoas que sofrem de stress crónico.

O stress pode, realmente, trazer complicações tão complexas que leva inclusivamente a sensibilidades ao nível profissional, que se refletem muitas vezes em erros de repetição, atrasos no cumprimento de prazos, incumprimento de horários, produtividade reduzida e até acidentes laborais, sendo que a Organização Internacional do Trabalho informou recentemente que mais de metade do absentismo laboral é precisamente provocado pelo stress. Consequências tão danosas que podem levar até ao despedimento com justa causa.

Formação ajuda no combate ao stress

Esta é a boa notícia: apesar de o stress poder ter consequências bastante danosas, a formação pode ser uma excelente forma de desenvolver mecanismos e competências para controlar e combater este problema. De facto, um curso de gestão de stress transmite uma série de ferramentas de alta aplicabilidade e eficácia, que ajudam a saber desvalorizar o que não é essencial, a controlar o corpo e a mente em situações de maior angústia e a aplicar técnicas que permitem a devida gestão da situação e das nossas atitudes.

Para além das técnicas apreendidas na formação, os especialistas em ciências comportamentais defendem que é possível implementar algumas regras que, se praticadas diariamente, ajudarão no processo de combate ao stress:

  • evitar conviver com pessoas que sejam fonte de stress
  • tentar controlar os ambientes em que se circula
  • organizar as prioridades de tarefas e responsabilidades
  • não calar os sentimentos (saber dizer "não")
  • mudar as rotinas
  • praticar atividade fisica
  • desenvolver alguma atividade criativa, o que ajuda a libertar hormonas que estimulam a felicidade e a harmonia.

Todas estas dicas, associadas aos métodos aprendidos numa formação, serão excelentes facilitadoras da qualidade de vida que se perde quando se sofre de maiores índices de stress. Até porque, apesar de este poder ser considerado o maior vírus do século XXI, depende de nós a disponibilidade para que ele se instale na nossa vida.

sérgio freitas fotografia

Sérgio Freitas: vários «skills» ao serviço de uma única Missão

Chamo-me Sérgio Freitas e a minha Missão é Apoiar Líderes, ao potenciar e encorajar vidas e organizações, incluindo ao nível do PNL e Vendas. Apesar da minha formação de base ser rica nesta área (ESET), assim como diversos «skills» que fui somando (skills de desenvolvimento de negócio e pessoas como TAS, KAM, GAM, na Alcatel-University), investi em ferramentas como Gestão de Marketing (licenciatura IPAM / emoções e necessidades), Certificação internacional de Practicioner, Master e Trainers Trainer em PNL (Pnl-Portugal / nti-nlp), Mestrado em psicologia de emoções (ISCTE). Isto foi essencial para conseguir dominar os conceitos subsequentes ao PNL e Vendas.

ESTAMOS ONDE QUISER…

................

TIRE TODAS AS SUAS DÚVIDAS, NÃO GUARDE NENHUMA!

SEDE:

CASCAIS

Rua Marechal Costa Gomes,

Nº 111 – 1º Dt. Alto da Castelhana

2750-823 Cascais

T +351 214 863 477

M +351 966 912 091

Email: geral@adn-formacao.pt

Avila Business Center:

LISBOA

Av. República, n.º 6, 7ºD

1050-191 Lisboa

T +351 214 863 477

M +351 966 912 091

Email: geral@adn-formacao.pt

Nova Almada Velha:

ALMADA

Rua da Judiaria nº 14

2800-125 Almada

T +351 214 863 477

M +351 966 912 091

Email: geral@adn-formacao.pt

    Google Page